3 fotos juntos sendo a primeira na parte de cima de uma base de petróleo no meio do mar, com vários canos amarelos e um céu azul ao fundo. A segunda que está abaixo no canto esquerdo mostra botijões empresariais, brancos com o logo Ultrasystem plotado.A terceira, que está localizada na parte inferior do lado direito, mostra um botijão visto de lado, azul com o escrito "Ultragaz

Mas de onde vem o gás de cozinha? O gás GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), é obtido de duas formas: a primeira, e mais comum, decorre do refino do petróleo. A segunda, em escala reduzida, acontece a partir do processamento do gás natural. No refino de petróleo, o GLP é obtido na parte alta da torre de destilação, após a retirada dos óleos combustíveis, a gasolina, o querosene, o diesel e a nafta.

Geralmente comercializado em botijões, o GLP está disponível em vasilhames de diferentes tamanhos para atender a todos os tipos de clientes. É transportado na forma líquida sob pressão e consumido na fase vapor na grande maioria das aplicações.

O GLP, formado pela mistura dos gases propano e butano, é inodoro, ou seja: não tem cheiro. Por isso, por segurança, recebe um composto a base de enxofre e de forte odor chamado Mercaptana. Essa substância caracteriza o odor do GLP, que permite a percepção de vazamentos caso estes ocorram.